5 de fevereiro de 2009

RENATO CASTELINHO "Pretendo crescer como jogador"



Desta vez o blog dos verdadeiros adeptos do FC Crato foi falar com o mais jovem atleta do plantel e o único jogador da terra que representa o FC Crato. Renato Castelinho, 17 anos de idade é um jogador ofensivo e tem a intenção de crescer como jogador e quem sabe, conseguir profissionalizar-se nesta actividade que é o sonho de muitos jovens. Iniciou-se a dar os primeiros pontapés na bola num torneio de futsal organizado pelo Município do Crato e a partir daí não mais parou de mostrar o jeito que tem para a bola. No passado fim de semana, em jogo de má memória para o nosso clube, há um motivo que fará o Renato pensar nele toda a vida, a sua estreia na 3ª divisão nacional com idade de júnior. Notável e só ao alcance dos melhores. Vamos então conhecê-lo melhor.

BdFCC: Com que idade começaste a jogar futebol?
RC: Comecei a jogar aos 7 anos, num torneio de futsal da Páscoa, denominado Páscoafoot do Município do Crato.

BdFCC: Que clubes já representaste na tua ainda curta carreira?
RC: Iniciei-me no FC Crato em infantis, iniciados Estrela de Portalegre e Nisa, juvenis Alpalhoense e agora novamente FC Crato.


BdFCC: Quais os teus treinadores anteriores? Tiveram um papel importante na tua formação como jogador?
RC: O meu primeiro treinador foi o nosso bem conhecido Prof. Helder Rodrigues que me ensinou as bases do futebol nos infantis do FC Crato. Não me recordo o nome do meu treinador no Estrela de Portalegre, nos iniciados do Nisa foi o sr. To-Zé e nos juvenis do Alpalhoense o Prof. Abel Maia. Actualmente como é sabido sou treinado pelo experiente sr. Vitor Nozes. Com todos os treinadores aprendi algo e hoje continuo a crescer como jogador.

BdFCC: Qual a posição onde te sentes mais à vontade?
RC: As posições de ala direito/esquerdo são aquelas onde prefiro jogar e onde me sinto mais à vontade.


BdFCC: Que balanço fazes desta aventura como atleta de um escalão nacional e ainda com idade de júnior?
RC: Estou a gostar de lidar com jogadores experientes como tem o nosso plantel. É um orgulho para mim jogar num campeonato nacional. Sinto que aprendo a ser mais homem e a crescer como jogador.

BdFCC: Como surgiu o convite para seres jogador do FC Crato?
RC: Na época passada ainda era juvenil e ía treinar com os seniores do FC Crato. O Índio era o treinador nessa altura e endereçou-me o convite para fazer parte do plantel nesta época.

BdFCC: Apesar da tua juventude e irreverência, como te classificas como jogador? E como homem?
RC: Penso que sou bom jogador mas ainda tenho muito para aprender. Como homem considero-me humilde, trabalhador e empenhado.



BdFCC: És o único jogador da terra no plantel. Mesmo muito jovem consegues transmitir a mística cratense aos teus colegas?
RC: Sinto o clube e a terra de forma especial mas acreditem que os restantes jogadores também o sentem, respeitando muito o clube que representam. Por vezes, e, quando tenho oportunidade para isso, incentivo os meus colegas a fazerem o melhor que sabem, pois isso será também o melhor para a equipa e para a terra. Dessa forma penso que transmito de certa maneira alguma mística.

BdFCC: Dá uma opinião sobre o grupo de trabalho?
RC: Tenho uma opinião positiva, pois todos são 5 estrelas, desde jogadores a técnicos.


BdFCC: Estreaste-te no passado fim-de-semana na derrota em Rio Maior. Que sentiste no momento da entrada em campo?
RC: Senti uma enorme alegria, sentido de responsabilidade e um nervoso miudinho

BdFCC: Que te pediu o mister Nozes? Achas que cumpriste?
RC: Pediu-me empenho, concentração, calma e principalmente para jogar à vontade e sem medo. Penso que cumpri com o que me foi pedido.

BdFCC: Concerteza não terás poderes de adivinhar o futuro, mas acreditas que o FC Crato se vai manter na 3ª divisão. Porquê?
RC: Claro que acredito porque temos todas as condições e grupo de trabalho com capacidades para que isso aconteça.


BdFCC: Conhecias o blog dos verdadeiros adeptos do FC Crato? Que opinião tens sobre este espaço?
RC: Sim, acho que está muito interessante, pois dá a conhecer melhor o nosso clube.

BdFCC: Gostavas de deixar uma mensagem aos adeptos do FC Crato?
RC: Apoiem e gritem pelo nosso FC Crato e nunca deixem de acreditar no nosso clube.

Finalizada que foi a conversa que tivemos com o Renato, incentivamo-lo a trabalhar cada vez mais e melhor para atingir os seus objectivos e a continuar a crescer como homem e atleta. Continua com a humildade e genuinidade que te caracteriza e pelo facto de seres o único jogador da terra, não tenhas medo, e, dá um grito de ordem no balneário, para que todos os jogadores percebam que a causa FC Crato é muito importante neste momento e que só tu, e, os teus colegas poderão inverter a fase negativa que atravessamos. Renato, este teu amigo deseja-te o maior sucesso e acredita nas tuas capacidades para poderes explodir definitivamente.


3 comentários:

ftrapola disse...

Força miúdo, vai aprendendo com os mais experientes pra conseguires os teus e nossos objectivos.Um abraço

Toy Marafado disse...

Amigos, é com pena que vejo o Crato nos últimos lugares da tabela, uma vez que individualmente tem muito bons valores. Vamos lá a recuperar que o Crato merece de todo ficar nos Nacionais.
Amigos, para quando as camisolas à venda?
Grande abraço e Força grande FC. Crato!

João M. Roma disse...

Renato Castelinho, não engana !!!
Só espera pela oportunidade que ele já há tanto justifica.
Um jovem, na minha opinião, com valor mais do que suficiente para ser titular nesta equipa do FCC.
Não tenho qualquer dúvida em afirmar que tem um largo futuro à sua frente, inclusivé, como profissional de futebol.
Saudações.